Fonte: Ministério da Saúde (MISAU), Moçambique |

Coronavirus - Moçambique: Vacinação de Jornalistas contra a COVID-19

O Ministério da Saúde prevê vacinar 1.241 jornalistas e correspondentes nacionais e estrangeiros de todos órgãos de comunicação social que operam em território nacional

De entre os grupos prioritários constam os Jornalistas, que pela natureza da sua profissão estão diariamente expostos ao vírus causador da COVID-19

MAPUTO, Moçambique, 5 de may 2021/APO Group/ --

A Campanha de Vacinação contra o novo coronavírus (COVID-19), em Moçambique segue com a execução da 2ª Fase.

Por enquanto, e de acordo com o Plano Nacional de Vacinação do Ministério da Saúde (MISAU), apenas grupos prioritários e certas faixas de idade estão a ser imunizados contra a doença.

De entre os grupos prioritários constam os Jornalistas, que pela natureza da sua profissão estão diariamente expostos ao vírus causador da COVID-19.

É nesse sentido que o MISAU iniciou na segunda-feira, 3 de Maio de 2021, com a vacinação deste grupo de profissionais.

Ao todo, o Ministério da Saúde prevê vacinar 1.241 jornalistas e correspondentes nacionais e estrangeiros de todos órgãos de comunicação social que operam em território nacional.

O processo que termina na sexta-feira, 7 de Maio, decorre em todos os hospitais centrais, provinciais, distritais, centros e postos de saúde do país.

Para beneficiarem da vacina, os jornalistas abrangidos deverão portar um documento de identificação da entidade empregadora.

Distribuído pela APO Group em nome de Ministério da Saúde (MISAU), Moçambique.