Fonte: La France au Mozambique et en Eswatini |

Visita do Ministro francês para a Europa e Negócios Estrangeiros a Maputo (21 – 22 de Fevereiro de 2020)

A última visita bilateral a Moçambique de um ministro francês dos Negócios Estrangeiros data de 2002

A França é um parceiro antigo de Moçambique, dado que os nossos dois países partilham uma relação de proximidade devido à nossa vizinhança no Oceano Indico

MAPUTO, Moçambique, 21 de fevereiro 2020/APO Group/ --

O Ministro francês para a Europa e Negócios Estrangeiros, Senhor Jean-Yves Le Drian, efectuará uma visita oficial a Moçambique nos dias 21 e 22 Fevereiro e será recebido pelo Presidente da República, Sua Excelência Filipe Nyusi, e pela sua Homóloga Senhora Verónica Macamo, com os quais manterá encontros bilaterais. O Ministro visitará o navio francês “Champlain”, em escala no Porto de Maputo por 24h00, onde terá um encontro com Sua Excia. Ministro da Defesa de Moçambique, Senhor Jaime Bessa Neto.

A última visita bilateral a Moçambique de um ministro francês dos Negócios Estrangeiros data de 2002. Esta deslocação reveste-se por conseguinte de uma importância particular para estruturar uma relação ao mesmo tempo antiga e renovada, a quatro meses da Cimeira França-Africa em Bordéus sobre o tema da cidade sustentável.

A França é um parceiro antigo de Moçambique, dado que os nossos dois países partilham uma relação de proximidade devido à nossa vizinhança no Oceano Indico onde temos responsabilidades partilhadas. Os fundamentos prioritários da França para a sua acção em favor do desenvolvimento da região da Africa Austral e Oceano Indico são de interesse comum com Moçambique, em concordância com as prioridades definidas: a segurança marítima, a luta contra o aquecimento global e protecção da biodiversidade, as energias, a água, os transportes, a educação ou ainda a saúde.

Num momento em que grandes grupos franceses confirmaram recentemente investimentos significativos em Moçambique, esta visita permitirá reforçar os laços que nos unem e trabalhar, ainda mais, sobre os temas de interesse comum como o acompanhamento do conteúdo local, a formação profissional, a diversificação da matriz energética, a luta contra os tráficos e a segurança.

Distribuído pela APO Group em nome de La France au Mozambique et en Eswatini.