Jumeirah Group
  • Conteúdo multimédia

  • Imagens (3)
    • Projeto De Reabilitação De Tartarugas Do Grupo Jumeirah Do Dubai Alcança Um Marco Histórico Com A Sua Última Libertação (1)
    • Projeto De Reabilitação De Tartarugas Do Grupo Jumeirah Do Dubai Alcança Um Marco Histórico Com A Sua Última Libertação (2)
    • Projeto De Reabilitação De Tartarugas Do Grupo Jumeirah Do Dubai Alcança Um Marco Histórico Com A Sua Última Libertação (3)
  • Todos (3)
Fonte: Jumeirah Group |

Projeto De Reabilitação De Tartarugas Do Grupo Jumeirah Do Dubai Alcança Um Marco Histórico Com A Sua Última Libertação

2000 tartarugas marinhas voltaram ao seu habitat natural desde o início do programa em 2004

Estou extremamente orgulhoso de ser embaixador do projeto de reabilitação de tartarugas do Dubai e do trabalho importante que é feito para cuidar destes animais preciosos

DUBAI, Emirados Árabes Unidos, 1 de november 2021/APO Group/ --

O projeto de reabilitação de tartarugas do grupo Jumeirah (www.Jumeirah.com) do Dubai libertou hoje um grupo de 14 tartarugas, das espécies em vias de extinção, tartaruga-verde, tartaruga-de-pente, tartaruga-marinha-comum, da sua praia Jumeirah Al Naseem.

Sob o olhar atento dos especialistas marinhos do grupo, incluindo a Diretora do Aquário em Burj Al Arab Jumeirah, Barbara Lang-Lenton Arrizabalaga, e o embaixador do projeto Sheikh Fahim bin Sultan bin Khalid Al Qasimi, estes animais que tinham sido resgatados, alimentados e reabilitados durante um grande período de tempo no qual estiveram em recuperação e sob cuidado médico, foram libertados. Os representantes do Município do Dubai, Dubai Falcon Hospital (Hospital Falcon do Dubai), Dubai Central Veterinary Research Laboratory (Laboratório de Pesquisa Veterinária Dubai Central), Emirates Nature – WWF e Abu Dhabi Environment Agency (Agência Ambiental de Abu Dhabi), bem como entidades educativas, biólogos marinhos, representantes dos meios de comunicação social e convidados, também participaram neste evento emocionante, celebrando e apoiando estas magníficas criaturas.

De forma a apoiar as iniciativas de conservação atuais, três das maiores tartarugas foram equipadas com transmissores por satélite de alta qualidade, doados por Sheikh Fahim, para monitorizar e recolher informação essencial. Esta informação irá ajudar a equipa a avaliar o sucesso do processo de reabilitação e a compreender melhor a biologia destas espécies migratórias, bem como oferecer futuras oportunidades educativas. Além disso, todas as tartarugas foram equipadas com microchips. Assim, se algum dia forem encontradas após a sua libertação, podem ser associadas facilmente ao programa.

O evento foi particularmente comovente para Sheikh Fahim, já que no início do ano resgatou a tartaruga-verde grande encontrada por ele enquanto praticava mergulho, presa numa linha de pesca. Sheikh Fahim chamou-lhe Farah e trabalhou juntamente com a equipa na sua recuperação. “Ao testemunhar, em primeira mão, os danos que podem ser causados às tartarugas marinhas, estou extremamente orgulhoso de ser embaixador do projeto de reabilitação de tartarugas do Dubai e do trabalho importante que é feito para cuidar destes animais preciosos, e devolvê-los ao seu habitat natural” – afirma Sheikh Fahim. Juntamente com Farah, foi libertada uma tartaruga-verde grande com 50 anos, à qual Sheikh Fahim chamou “Jumeirah” em honra do futuro Jubileu de Ouro dos EAU e do distrito que cresceu e prosperou com isto. “Esta tartaruga é a personificação perfeita de duas conquistas históricas – duas mil tartarugas que foram reabilitadas e libertadas com sucesso, e a celebração de cinquenta anos dos EAU. É fantástico pensar que a “Jumeirah” nasceu ao mesmo tempo que a nossa grande nação e espero que ambas continuem a progredir em conjunto” – acrescentou.

Ambas as tartarugas-verdes foram equipadas com localizadores, bem como uma tartaruga-marinha-comum chamada “Nacar”, que significa madrepérola, pelo público após uma competição nas redes sociais nos canais do grupo Jumeirah. “O nosso trabalho no projeto de reabilitação de tartarugas do Dubai não é apenas prestar cuidados e apoio na reabilitação de tartarugas feridas e doentes nos EAU, é acima de tudo também desenvolver o nosso conhecimento acerca do seu comportamento, rotas de navegação e territórios de alimentação” – afirma Barbara Lang-Lenton Arrizabalaga, Diretora do Aquário em Burj Al Arab Jumeirah.O processo de identificação por satélite das nossas tartarugas reabilitadas é uma parte essencial do nosso trabalho, permitindo-nos recolher e partilhar informação com organizações mundiais de forma a apoiar o nosso conhecimento destas espécies magníficas, em vias de extinção, para podermos protegê-las da melhor forma.”

O grupo Jumeirah tem estado a tratar, com sucesso as tartarugas marinhas doentes ou feridas, desde o início deste programa em colaboração com o Dubai’s Wildlife Protection Office, o Dubai Falcon Hospital e o Central Veterinary Research Laboratory. Com resgates anuais de mais de 100 tartarugas, as espécies mais predominantes tratadas nas instalações incluem a tartaruga-de-pente e a tartaruga-verde, enquanto que a tartaruga-marinha-comum e a tartaruga-oliva são resgatadas apenas ocasionalmente.

Para mais informações, por favor visite www.Jumeirah.com/DubaiTurtleProject. Entretanto, mantenha-se conectado através dos nossos canais de redes sociais e não se esqueça de nos marcar nas suas publicações #JumeirahTurtles ou #TimeExceptionallyWellSpent. 

Distribuído pela APO Group em nome de Jumeirah Group.

Para mais informações, por favor contacte:
Sharifa Almaawali - gestora de comunicações
sharifa.almaawali@jumeirah.com

Instagram:
@jumeirahgroup
@dubaiturtles
@burjalarab
@jumeirahalnaseem

Sobre o grupo Jumeirah:
O grupo Jumeirah, membro da Dubai Holding é uma empresa global de luxo no setor da hotelaria, possui aproximadamente 6500 carteiras essenciais, de classe mundial e opera 24 propriedades por todo o Médio Oriente (incluindo o emblemático Burj Al Arab Jumeirah), Europa e Ásia, com mais propriedades atualmente em construção por todo o mundo.

A saúde e segurança dos hóspedes e colegas do grupo Jumeirah são absolutamente prioritárias. Foi implementado um conjunto de medidas de proteção em todos os seus hotéis, respeitando estritamente as normas governamentais referentes a cada mercado. De forma a demonstrar o compromisso do grupo Jumeirah em operar os seus hotéis de acordo com as normas mais rigorosas a nível mundial, 13 dos seus hotéis possuem Bureau Veritas Safeguard Label (certificação de proteção Bureau Veritas), sendo que o Jumeirah Al Naseem é o primeiro hotel no mundo a receber esta certificação conceituada. O grupo tem estado a trabalhar em conjunto com a Bureau Veritas para certificar a restante carteira. www.Jumeirah.com