Merck Foundation
Fonte: Merck Foundation |

Fundação Merck e Primeiras-Damas Africanas celebram o “Dia Mundial do Coração 2021” através do treinamento de especialistas em medicina cardiovascular e preventiva em África

A Fundação Merck, em parceria com as Primeiras-Damas Africanas e os Ministérios da Saúde, continua a oferecer bolsa de estudos de um ano de Diploma de Pós-Graduação e Mestrado de dois anos em Medicina Cardiovascular e Preventiva a 100 médicos de mais de 25 países africanos e asiáticos

As habilidades que adquiri neste programa são tremendas e me ajudaram a ganhar confiança para tratar pacientes cardiovasculares

NAIROBI, Quénia, 29 de setembro 2021/APO Group/ --

Fundação Merck (Merck-Foundation.com), o braço filantrópico da Merck KGaA Alemanha celebra o Dia Mundial do Coração de 2021 em parceria com as Primeiras-Damas africanas, Ministérios da Saúde, Sociedades Médicas e Academia, através do seu compromisso de longo prazo com a construção de capacidade de cuidados preventivos e cardiovasculares em África, Ásia e além.

A Senadora, Drª Rasha Kelej, CEO da Fundação Merck enfatizou, “Na Fundação Merck, celebramos o ‘Dia Mundial do Coração’ de uma forma singular. Como? Através da oferta de bolsas de estudo de Diploma de Pós-graduação de um ano e Mestrado de dois anos em Medicina Preventiva e Cardiovascular a 100 médicos de 25 países em África e na Ásia. Ninguém no mundo pode imaginar a quão orgulhosa estou por termos fornecido até agora treinamento especializado a mais de 1200 médicos em especialidades muito críticas e carentes, não apenas cardiovasculares, mas também de Oncologia, Diabetes, Tratamento Reprodutivo, Respiratório e Intensivo, Urologia, Gastroenterologia, ortopedia, emergência pediátrica e atendimento neonatal, psiquiatria, controlo da dor, cirurgia e muito mais. É o ponto alto da minha carreira e da minha vida”.

Até agora, a Fundação Merck forneceu bolsas de estudo para especialidades em cuidados cardiovasculares a cerca de 100 médicos dos seguintes 25 países: Burundi, Camboja, Camarões, Gana, Indonésia, Quénia, Lesotho, Malawi, Malásia, Maurícias, Mianmar, Namíbia, Nepal, Níger, Filipinas, Rwanda, Serra Leoa, África do Sul, Sri Lanka, Sudão, Tanzânia, Emirados Árabes Unidos, Uganda, Zâmbia e Zimbabwe.

Dr. Israel Hagbevor, ex-estudante da Fundação Merck do Gana diz, “Sempre quis destacar-me na minha área e ajudar pacientes que sofrem de doenças cardíacas e outros problemas relacionados. Gostaria de agradecer à Fundação Merck por tornar esse sonho realidade. Concluí com sucesso o curso de mestrado de dois anos em Medicina Cardiovascular e Preventiva, as habilidades que adquiri neste programa são tremendas e me ajudaram a ganhar confiança para tratar pacientes cardiovasculares. Eu aplaudo a Fundação Merck por apoiar médicos como eu, que estão ansiosos de aprender e servir as suas comunidades”.

A Fundação Merck continua a desenvolver capacidade de saúde em países de África, Ásia e América Latina com o objectivo de fornecer acesso a soluções de saúde de qualidade e equitativas. Mais de 1200 médicos de 42 países beneficiaram-se de bolsas de estudo da Fundação Merck em vários campos críticos e carentes, como Oncologia, Diabetes, Medicina Preventiva e Cardiovascular, Endocrinologia, Medicina Sexual e Reprodutiva, Medicina Aguda e Respiratória, Embriologia e Fertilidade, Reumatologia, Gastroenterologia, Dermatologia, Psiquiatria, Medicina de Emergência e Reanimação, Cuidados Críticos, Medicina de Emergência Pediátrica, Medicina Neonatal, Prática Cirúrgica Avançada, Tratamento da Dor, Urologia, Cirurgia Geral, Microbiologia Clínica e doenças infecciosas, Oftalmologia, Medicina Interna, Trauma e Ortopedia, Neuroimagem para pesquisa Biotecnologia em ART e mais.

A Senadora, Drª Rasha Kelej enfatizou, “Durante a pandemia do Coronavirus, foi mais importante do que nunca desenvolver capacidade de saúde e treinar médicos especializados. Em alguns desses países, eles nunca tiveram um oncologista, por exemplo. Eles podem ter apenas um clínico geral. Simplesmente fizemos história nestes países como Gâmbia, Burundi, Serra Leoa, Botswana, Namíbia, Chade, Níger, Guiné e Libéria, não apenas em várias especialidades como Oncologia, HIPERTENSÃO, Diabetes, Fertilidade, Medicina Respiratória, Pediátrica, Ortopédica, Psiquiatria , Cuidados intensivos e muito mais”.

Distribuído pela APO Group em nome de Merck Foundation.

Junte-se à conversa nas nossas plataformas de mídia abaixo e deixe a sua voz ser ouvida:
Facebook: bit.ly/32YFKpv
Twitter: bit.ly/2TeOQNj
YouTube: bit.ly/3zc3up1
Instagram: bit.ly/3g6OYr3
Flicker: bit.ly/2Tay0Pu
Website: Merck-Foundation.com
Baixar o Aplicativo da Fundação Merck: bit.ly/3v7pf5Z

Sobre a Fundação Merck:
A Fundação Merck, criada em 2017, é o braço filantrópico da Merck KGaA Alemanha, tem como objectivo melhorar a saúde e o bem-estar das pessoas e aprimorar as suas vidas através da ciência e da tecnologia. Os nossos esforços são focados principalmente na melhoria do acesso a soluções de saúde de qualidade e equitativas em comunidades carentes, desenvolver capacidade de saúde e pesquisa científica e empoderarn as pessoas em STEM (ciência, tecnologia, engenharia e matemática) com foco especial em mulheres e jovens. Todos os comunicados de imprensa da Fundação Merck são distribuídos por e-mail ao mesmo tempo em que são disponibilizados no site da Fundação Merck. Visite www.Merck-Foundation.com para ler mais. Para saber mais, entre em contacto com as nossas redes sociais: Merck Foundation (Merck-Foundation.com); Facebook (bit.ly/32YFKpv), Twitter (bit.ly/2TeOQNj), Instagram (bit.ly/3g6OYr3) , YouTube (bit.ly/3zc3up1) and Flicker (bit.ly/2Tay0Pu).