Fonte: Ministério da Saúde, Angola |

Coronavirus - Angola : COVID-19 mata mais três pessoas em Luanda

Angola tem agora 1.280 casos confirmados, dos quais 58 óbitos, 476 recuperados e 746 activos

O combate à COVID-19 é uma responsabilidade individual e colectiva

LUANDA, Angola, 4 de agosto 2020/APO Group/ --

No Hospital Militar faleceram dois cidadãos angolanos, de 58 e 53 anos, com outras comorbidades associadas à COVID-19, e na Clínica Sagrada Esperança outra angolana de 31 anos, que tinha drepanocitose além da COVID-19.

Dos 81 casos positivos, o maior número registado até ao momento, 73 foram  diagnosticados em Luanda, nos municípios de Talatona, Belas, Cacuaco, Viana e Kilamba Kiaxi, seis na província de Cabinda, um no Bengo e o mesmo número no Uíge. Destes, 60 são homens e 21 mulheres, com idades compreendidas entre 4 e 93 anos.

Angola tem agora 1.280 casos confirmados, dos quais 58 óbitos, 476 recuperados e 746 activos. Entre os activos, 20 estão graves, quatro em estado crítico, 27 moderados e o resto assintomáticos.

No âmbito da testagem em massa, 600 motoristas foram submetidos ao teste rápido e 53 foram reactivos, segundo o secretário de Estado para Saúde Pública, Franco Mufinda, nesta segunda-feira, 3 de Agosto, no ponto informativo sobre a evolução da pandemia no país nas últimas 24 horas.

O Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) registou mais de 50 pedidos de informação sobre a COVID-19.

Franco Mufinda pediu à população, mais uma vez, para o acatamento das medidas de prevenção contra a COVID-19, que passam pela frequência da lavagem das mãos com água e sabão ou desinfecção com álcool em gel, por evitar ajuntamentos populacionais, reduzir a frequência e permanência nos mercados, paragens de táxis e restaurantes, e pela não violação das cercas sanitárias.

Para melhor prevenção e combate à COVID-19, Franco Mufinda recomendou também maior  envolvimento da comunidade na luta contra essa pandemia. "O combate à COVID-19 é uma responsabilidade individual e colectiva".

Distribuído pela APO Group em nome de Ministério da Saúde, Angola.