Fonte: United States Embassy in Angola |

USAID lança campanha de distribuição de mosquiteiros na província da Huíla

LUANDA, Angola, 29 de junho 2016/APO/ --

A Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID), através do seu parceiro de implementação, World Learning, em colaboração com o Programa Nacional de Controlo da Malária (PNCM) e a Direcção Provincial da Saúde (DPS) da Huíla, fez o lançamento, hoje na Sala de Conferência do Governo Provincial da Huíla, da campanha de distribuição gratuita de 1.100.000 mosquiteiros tratados com insecticida de longa duração.

Trata-se de mosquiteiros fornecidos através da Iniciativa Presidencial dos Estados Unidos contra a Malária (PMI), implementado em Angola pela USAID. Esta actividade está alinhada com o actual plano estratégico nacional para a prevenção da malária no país. Um total de cinco províncias irá beneficiar destas actividades que vai atingir mais de 6 milhões de pessoas.

A cerimónia de lançamento contou com a presença dos oficiais do PNCM, director e representantes da World Learning, membros da DPS e do governo provincial da Huíla dentre outros distintos parceiros e convidados.

Durante a cerimónia de lançamento, a representante da World Learning, senhora Fern Teodoro, que lidera a campanha de distribuição, mencionou que, “esta campanha que estamos a lançar hoje chega no momento exacto na província, numa altura em que se regista um surto de malária no país. Esta campanha vem reforçar os esforços do governo em reduzir a taxa de incidência de malária no país, reforçando as acções de prevenção com a distribuição gratuita de mosquiteiros e vai proteger aproximadamente 2 milhões de pessoas nesta província”.

Benefícios do Mosquiteiro Tratado

O mosquiteiro tratado com insecticida de longa duração (MTILD) actua como uma barreira física entre o mosquito transmissor da malária e a pessoa em risco de contrair a doença. O MTILD protege as pessoas que dormem debaixo dele porque o insecticida mata os mosquitos que entram em contacto com o mosquiteiro. Por essa razão, a transmissão de malária é reduzida nas comunidades, onde existe um grande número de pessoas que usam consistentemente os mosquiteiros tratados. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o uso dos MTILD desempenha um grande papel na redução da morbidade e mortalidade por malária, especialmente entre as crianças. A OMS também registou uma diminuição de 25% nas mortes por malária a nível mundial e uma redução de 33% nas mortes por malária na África subsariana desde o ano de 2000.

Distribuído pela APO Group em nome de United States Embassy in Angola.