Fonte: Portal do Governo de Moçambique |

Moçambique: Conselho de Ministros decreta luto nacional de dois dias

O luto nacional será observado, a partir das zero horas do dia vinte e seis até as zero horas do dia vinte e oito deste mês, anunciou, o porta-voz do segundo conselho de ministros Inocêncio Impissa

O governo anuncia na sessão desta terça-feira as cobranças das taxas de uso das portagens da circular de Maputo que entram em funcionamento a partir de Fevereiro próximo

MAPUTO, Moçambique, 26 de janeiro 2022/APO Group/ --

O Conselho de Ministros decretou, esta terça-feira, dois dias de luto nacional, em homenagem às 28 vítimas mortais do acidente rodoviário, ocorrido no último sábado no distrito de Mopeia, província de Zambézia.

O luto nacional será observado, a partir das zero horas do dia vinte e seis até as zero horas do dia vinte e oito deste mês, anunciou, o porta-voz do segundo conselho de ministros Inocêncio Impissa.

Na sequência do elevado número de acidentes de viação nas estradas nacionais, o ministro dos transportes e comunicações, Janfar Abulai, partilhou com a imprensa momentos depois da sessão CM, medidas em curso visando contribuir na inversão do actual cenário.

Em conferência de imprensa o governo anuncia na sessão desta terça-feira as cobranças das taxas de uso das portagens da circular de Maputo que entram em funcionamento a partir de Fevereiro próximo.

O ministro das obras públicas Habitação e recursos hídricos, João Machatine explicou como será feito o processo de pagamento das portagens e anunciou os pressupostos que ditaram a estipulação dos valores a serem cobrados.

Os utentes que passarem por duas portagens, ao longo do percurso e em sentido progressivo, que pagaram apenas na primeira paragem e subsequentemente terá livre-trânsito se apresentar o comprovativo de pagamento, tranquilizou João Machatine.

A segunda sessão desta terça feira apreciou e aprovou um conjunto de dispositivos bem como informações sobre a situação de emergência em virtude da época chuvosa e ciclónica 2021/2022.

Fez igualmente o balanço e perspectivas da aplicação das medidas para a contenção da propagação da pandemia da COVID-19. (RM)

Distribuído pela APO Group em nome de Portal do Governo de Moçambique.