Fonte: Portal do Governo de Moçambique |

Governo exige dinamismo na busca de soluções para reparação de infra-estruturas danificadas pela Tempestade

O Primeiro-Ministro, Carlos Agostinho do Rosário, disse que a vida deve voltar a normalidade, sobretudo com o início, próxima semana, do ano lectivo

Quermos que situação se normalise para que os hospitais e postos de saude possam funcionar normalmente

MAPUTO, Moçambique, 28 de janeiro 2022/APO Group/ --

O Governo Central orienta as autoridades das zonas afectadas pela tempestade tropical “Ana”, para que sejam dinâmicos na busca de soluções para a reparação das infra-estruturas danificadas.

Falando esta quarta-feira, em Nampula, o Primeiro-Ministro, Carlos Agostinho do Rosário, disse que a vida deve voltar a normalidade, sobretudo com o início, próxima semana, do ano lectivo.

“Queremos que a situação se normalize e que a população comece a vida normal, continue a produzir. Queremos que a situação se nomalize para que as escolas possam abrir já no dia 31 deste mês e que as crianças possam estudar  normalmente. Quermos que situação se normalise para que os hospitais e postos de saude possam funcionar normalmente”, disse o Primeiro-Ministro, Carlos Agostinho do Rosário, falando esta quarta-feira, em Nampula, onde lidera a brigada do Conselho de Ministros, que monitora os impactos da tempestade tropical Ana. (RM)  

Distribuído pela APO Group em nome de Portal do Governo de Moçambique.