Fonte: Ministério da Saúde, Angola |

Coronavirus - Angola: Recuperados 108 Pacientes

Mais quatro óbitos e 67 casos positivos

Os novos infectados estão na faixa etária dos 10 meses a 65 anos, dos quais 45 do sexo masculino e 22 do sexo feminino

LUANDA, Angola, 2 de outubro 2020/APO Group/ --

O país registou mais quatro óbitos, 67 casos novos e 108 pacientes recuperados da COVID-19 nas últimas 24 horas.

Os quatros óbitos, ocorridos em Luanda, são de cidadãos nacionais do sexo masculino, um de 47, dois de 53 anos e outro de 64 anos, segundo o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, que falava nesta quarta-feira, 30, no ponto informativo sobre a COVID-19.

Os novos infectados estão na faixa etária dos 10 meses a 65 anos, dos quais 45 do sexo masculino e 22 do sexo feminino. Deste grupo quatro são da província de Benguela, (três no município de Benguela e um no Lobito), um da província do Bengo e 62 da província de Luanda, identificados nas localidades de Viana, Maianga, Rangel, Belas, Cacuaco, Ingombota, Cazenga, Belas, Kilamba Kiaxi e Talatona.

Ainda nas últimas 24 horas, 108 pacientes foram recuperados, sendo um na província do Bengo e igual número na Huila, quatro no Moxico, nove em Benguela e 93 em Luanda. Franco Mufinda ressaltou qua a província do Moxico conseguiu recuperar todos os seus pacientes activos, que até à data eram quatro.

O quatro epidemiológico em Angola conta com 4.972 casos positivos, dos quais 183 óbitos, 1.941 recuperados e 2.848 activos. Entre os activos, nove são críticos, 18 graves, 46 moderados, 95 com sintomas leves e 2.680 assintomáticos.

Os laboratórios processaram 1.752 amostras na base da biologia molecular e detectaram 67 casos positivos nas últimas 24 horas. Na totalidade, já foram processadas 91.510 amostras, das quais 4.972 positivas.

Neste momento, 468 pacientes estão internados nos centros de tratamento do país e 5.903 contactos directos e ocasionais dos casos positivos estão sob vigilância epidemiológica. Os centros de quarentena institucional estão a seguir 700 pessoas.

O Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) recebeu 103 pedidos de informação sobre a COVID-19.

A equipa de saúde mental e de intervenção psico-social assistiu 230 pessoas, das quais 87 utentes, 143 técnicos de saúde e 26 famílias de utentes durante e depois do tratamento. Para apoio psicológico, 69 cidadãos ligaram para as linhas de atendimento 145 e 146.

O secretário de Estado informou que nesta quarta-feira foram colhidas 1.500 amostras de professores do Ensino Geral na província de Luanda, sendo 876 do sexo masculino e 624 do sexo feminino. O processo continua nesta quinta-feira, no mesmo local (no Largo das Escolas), para testar mais 1500 professores e assim atingir o número previsto em Luanda.

Os professores de outras províncias que se encontram retidos em Luanda, por causa da COVID-19, vão igualmente ser testados em data e local a indicar nos próximos dias.

Além de professores, foram testados 190 funcionários da AGT e 98 da sede do Ministério das Finanças.

Distribuído pela APO Group em nome de Ministério da Saúde, Angola.